dezembro 22, 2010

.

.

5 comentários:

OutrosEncantos disse...

Esta tua página é simplesmente bela!
Beijo!

Jorge Pimenta disse...

caro sérgio,
mesmo que as mãos se façam impotentes e a língua deixe de saber distinguir os sabores, haja calor no músculo-verdade hoje e nos natais que se abrem já depois de amanhã.
desejo que o espírito da canção dos pogues se faça presente neste teu natal.
um abraço e tudo de bom!

Anónimo disse...

Fica bem...

Alice

Multiolhares disse...

acho que já uma vez te disse, era uma pena teres esta pagina desactivada, muito belo o que aqui escreves
beijinhos

Pérola disse...

Que vidas vivias nesta altura?
Conta-me, não me contento com a ignorância.